Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Descobrir Leiria

"Quando não se tem aquilo que se gosta, é necessário gostar-se daquilo que se tem" Eça de Queiroz

"Quando não se tem aquilo que se gosta, é necessário gostar-se daquilo que se tem" Eça de Queiroz

Batalha acolhe Gala Televisiva em direto das Maravilhas à Mesa

O Largo do Condestável, junto ao Mosteiro da Batalha, recebe no próximo domingo, 29 de julho, a partir das 21h00, a Gala televisiva das Maravilhas à Mesa, numa transmissão em direto pela RTP.

A Gala televisiva, que consiste numa grande produção televisiva e audiovisual, com a apresentação de José Carlos Malato e Catarina Furtado, elegerá duas de sete mesas pré-finalistas (Batalha, Cacela Velha, Angra do Heroísmo, Guarda, Bragança, Loures e Vila de Frades).

A “Mesa Batalha” é uma das mesas pré-finalistas neste concurso, sendo a única proposta finalista da região de Leiria. Para além de associar o leitão, o bacalhau o vinho e o azeite, a acessibilidade é uma das suas marcas distintivas, com a disponibilização de ementas em braille e de diversos recursos inclusivos de apoio a cidadãos portadores de deficiência.

A eleição da “Mesa Batalha” nesta eleição das 7 Maravilhas à Mesa, é efetuada através do voto no número 760 10 70 09 (custo da chamada é 0,60€ + IVA).

No entender de Paulo Santos, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, “a realização da Gala televisiva das 7 Maravilhas à Mesa junto ao Mosteiro da Batalha, no próximo domingo, constitui uma excelente oportunidade para promover o Concelho da Batalha e a sua gastronomia de excelência”.

A matriz da Mesa Batalha, que aposta na acessibilidade dos espaços e na disponibilização de diversos recursos inclusivos de apoio aos cidadãos portadores de deficiência, reveste-se como a principal marca distintiva desta candidatura”.

Fonte: Município da Batalha

 

Boas Descobertas

Bailarinos leirienses arrasam e conquistam ouro em Barcelona

O Conservatório Internacional de Dança Annarella Sanchéz, em Leiria, conquistou mais de 30 medalhas de ouro, prata e bronze na final do World Dance Cup 2018, uma das maiores competições de dança de todo o mundo, e que este ano ocorreu em Sitges, uma cidade na província de Barcelona. 

Margarita Fernandes, bailarina de Leiria com apenas 13 anos, arrecadou seis medalhas de ouro e outras três de prata, em várias categorias da competição, em grupo e a solo. "Esta foi a terceira vez que participei e que ganhei prémios. É sempre uma nova experiência porque estabelecemos contacto com várias nacionalidades e países diferentes. É muito bom", explicou ao CM a jovem artista, que já dança desde os dois anos de idade. 

Também António Casalinho, de 15 anos, conhecido do grande público pela sua participação vencedora no concurso de talentos da RTP "Got Talent", voltou para Portugal como embaixador do World Cup Dance, que todos os anos reúne bailarinos de vários nacionalidades. "É uma grande honra para mim", disse ao CM o bailarino, acabado de chegar de Espanha com várias medalhas "no bolso".

No próximo ano será a vez de Portugal de acolher o World Dance Cup. O evento terá lugar na cidade de Braga e vai juntar cerca de 6500 crianças e jovens de 48 países.

 

Fonte: Correio da Manhã online

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D