Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Descobrir Leiria

"Quando não se tem aquilo que se gosta, é necessário gostar-se daquilo que se tem" Eça de Queiroz

"Quando não se tem aquilo que se gosta, é necessário gostar-se daquilo que se tem" Eça de Queiroz

Grande Noite de Fados em Picassinos

A Comissão da Igreja de Picassinos vem por este meio solicitar irá realizar no próximo dia 19 de Novembro, no salão de festas da Igreja de Picassinos, Marinha Grande, mais uma grande noite de Fados, iniciando-se às 20 horas com o jantar, seguindo-se o espectáculo de fado com a actuação de vários fadistas.

A ementa do jantar será: entradas várias, caldo verde, Carne de porco à Alentejana, pudim flan, arroz doce e café d’avó e para o serão Castanhas e Água-pé.

Para animar a noite, marcam presença os seguintes fadistas: Idília Pedrosa, António Filipe, Elisabete Alves, Vanessa Louraço, Inácio Branco, Vítor Silva, César Jordão e Cláudio Vieira, acompanhados na guitarra portuguesa por Nuno Martins e na viola por António Cândido e Carlos Matias.

O custo por pessoa é de 12,50€, as reservas de mesa devem ser feitas até ao dia 7 de Novembro junto da Guida Ferreira (914844941)

A receita deste evento reverte a favor da pintura da Igreja.

Reserve já o seu bilhete.

19-11-fados

Boas Descobertas!!!

 

Espetáculo de Ana Moura em Leiria adiado devido a homenagem a Prince

O concerto de Ana Moura no Teatro José Lúcio da Silva estava previsto para 13 de outubro, mas o convite para integrar o programa de “Prince – The Official Tribute”, no Xcel Energy Center, em St. Paul, Minneapolis, nos Estados Unidos da América, obriga a alterar o concerto de Leiria para o dia 19 de outubro.

Em palco na homenagem a Prince, além de Ana Moura estarão Stevie Wonder, Christina Aguilera e New Power Generation, entre outros músicos.

Os portadores de bilhetes para o espetáculo de dia 13 podem utilizá-los no dia 19, A organização também admite a devolução do valor das entradas, sendo para isso necessário contactar o Teatro José Lúcio da Silva, diretamente ou através do telefone 244 823 600. As aquisições online podem ser tratadas pelo e-mail secretaria@teatrojlsilva.pt.

Ana Moura troca Leiria por Prince

Fonte: Região de Leiria

 

Boas Descobertas!!!

Leiria ganhou Centro d’Artes Villa Portela

Um dos mais emblemáticos imóveis históricos de Leiria, a Villa Portela vai transformar-se em centro de artes gerido pela Câmara.

Ricardo Charters d’Azevedo (na foto), o proprietário, e o presidente da Câmara, Raul Castro, anunciaram em conjunto, na segunda-feira, que o assunto será levado a aprovação da Câmara, no dia 18, para depois ser apreciado pela Assembleia Municipal.

O edifício e o parque verde circundante vão ser entregues ao município pelo proprietário e pela esposa, poderão estar abertos ao público, tudo indica, a partir de Janeiro de 2017, quando o acordo for reconhecido em notário.

“Nos termos do acordo a Villa fica propriedade da Câmara à data da assinatura do acordo em notário, depois de ter o assentimento da Assembleia Municipal para encargos plurianuais e o visto do Tribunal de Contas. A renda [3500 euros mensais, pagos até ao falecimento de ambos os actuais proprietários] é, nos termos do código Civil, um processo de passagem do bem imediatamente para a propriedade de outrem e para garantir que não haverá “ingratidão” e que o bem será usado para os fins para que foi doado. Assim se justificam as cláusulas que permitem o retorno [para os herdeiros] por não cumprimento do acordado”, explica o proprietário.

“A aquisição deste espaço emblemático é uma grande mais-valia para o projecto de candidatura de Leiria a Capital Europeia da Cultura”, disse Raul Castro. Uma mais-valia que Charters d’Azevedo considera um “contributo pessoal para a candidatura”.

O Centro d’Artes Villa Portela conta com 17 mil metros quadrados, entre jardins e espaço coberto, onde serão criadas oficinas para artistas plásticos, haverá concertos, residências artísticas e até uma cafetaria.

Para o espaço irão ainda as bibliotecas do historiador Jorge Estrela e a do próprio Ricardo Charters d’Azevedo, sobre a história de Leiria. O doador resume que “é preciso que a cidade queira fazer coisas e que os leirienses tenham sugestões para dar”.

Já em 1971, o pai de Ricardo, Roberto Charters d’Azevedo tentou doar um centro de artes a Leiria, mas o acordo não vingou.

Leiria ganhou Centro d’Artes Villa Portela

Fonte: Jornal de Leiria

 

Boas Descobertas!!!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D