Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Descobrir Leiria

"Quando não se tem aquilo que se gosta, é necessário gostar-se daquilo que se tem" Eça de Queiroz

"Quando não se tem aquilo que se gosta, é necessário gostar-se daquilo que se tem" Eça de Queiroz

É Natal esqueçam a dieta - Sugestões a provar!!

Duas novas sugestões de pastelaria surgiram nas últimas semanas em Leiria. 

Damos a conhecer a Brisa do Bosque e a Coroa Real.

A Primeira sugestão é nova “Brisa do Bosque”

Açúcar, gemas, água, amêndoa, massa filo, frutos silvestres e “empenho e dedicação de toda a equipa”, garante Carla Pereira da Padaria do Marquês, em Leiria, quando enumera os ingredientes da “Brisa do Bosque”. O doce, pensado a partir da “Brisa do Lis”, recebeu uma menção honrosa no Prémio Inovação atribuído no concurso “Melhor Doce” no âmbito da XVII Mostra Internacional de Doces e Licores Conventuais de Alcobaça.

 

A “Brisa do Bosque” não é o primeiro doce da Padaria do Marquês a ser premiado na mostra de doçaria conventual de Alcobaça. Em 2007 distinguiram-se as “Barrigas de Freira”, em 2009 os “Capuchinhos” e em 2014 o “Céu da Boca”.

O prémio é entendido pela Padaria do Marquês como “o reconhecimento do trabalho, esforço e dedicação” da equipa que procura “qualidade e inovação dos produtos”, garante Carla Pereira, fonte da empresa.

Trabalhar produtos tradicionais de forma inovadora é o lema da Padaria do Marquês. A “Brisa do Bosque” parte de uma receita tradicional, “que foi melhorada e trabalhada ao nível da confeção e da apresentação”, explica Carla Pereira.

Preço: 1,80 euros/unidade
Local: Padaria do Marquês e Pão Quente

Brisa do bosque_1

A Segunda sugestão é a “Coroa Real”, o bolo-rei que surpreendeu no concurso da ACIP

A “Coroa Real” é uma criação origional da Pastelaria Pires, em Leiria. Frutos secos, manteiga, amêndoa praliné, chocolante crocante e marzipan garantem “uma combinação pouco habitual ou mesmo improvável”, admite Helder Pires, gerente das Pastelarias Pires.

O arrojo garantiu à pastelaria com o primeiro prémio na categoria de inovação no “III Concurso ACIP” (Associação do Comércio e da Indústria de Panificação, Pastelaria e Similares), um concurso nacional que pretendia encontrar “O Melhor Bolo-Rei de Portugal”.

“A inovação e a adaptação às novas realidades são características que definem esta casa há já 50 anos”, conta Helder Pires. O gerente confessa que já “sonhava” com o prémio obtido.

Helder Pires garante que o processo de confeção da “Coroa Real” é semelhante ao do bolo-rei convencional, mas “os sabores e aromas delicados” enriquecem esta versão.

A distinção “premeia o trabalho de equipa, reconhece a existência de qualidade e dá-nos motivação extra”, diz Helder Pires. O gerente das Pastelarias Pires conta que “há muita procura” e que a aceitação “está a ser excelente”.

Preço: 15 euros (900 gramas)
Local: Pastelarias Pires

Bolo-rei - Prémio Inovação 2015

Fonte: Região de Leiria

Boas Descobertas!!!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D