Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Descobrir Leiria

"Quando não se tem aquilo que se gosta, é necessário gostar-se daquilo que se tem" Eça de Queiroz

"Quando não se tem aquilo que se gosta, é necessário gostar-se daquilo que se tem" Eça de Queiroz

Cinema Vadio. Uma sala de cinema aberta a todos à beira do Lis

A sala de cinema de Leiria à beira rio reabre este sábado. “Mad Max: Estrada da Fúria” é o filme escolhido para a estreia da segunda edição de Cinema Vadio, festival que quer tornar especiais as noites de verão do Julho leiriense.

No fresco e verdejante Jardim da Vala Real - entre a antiga EDP e a nova ponte pedestre sobre o Lis -, o festival arranca a todo o gás, com o mais recente filme da saga Mad Max. Até ao final do mês há filmes para muitos gostos: do divertido “Ovelha Choné” ao surpreendente “Bestas do Sul selvagem”, nomeado para quatro Óscares.

“Tentámos apresentar uma escolha ecléctica, capaz de chegar a diversos públicos”, explica Nuno Granja, da associação ecO, que organiza o Cinema Vadio, em coprodução com o Teatro José Lúcio da Silva. A opção vai ao encontro do desejo de “proporcionar à cidade uma sala de cinema aberta a todos”, superando dificuldades a nível orçamental e de distribuição comercial dos títulos.

Levar o cinema ao ar livre é uma ambição antiga da ecO. Em 2015 surgiu a primeira edição de Cinema Vadio e a receptividade foi muito boa. Por isso, este ano o festival cresceu: além das quatro datas em Leiria, há uma extra na Praia do Pedrógão (a 20 de Agosto) e uma aposta na programação paralela.

“A reacção dos espectadores foi fantástica, e os sorrisos são o primeiro indicador de uma iniciativa bem conseguida”. Para Nuno Granja, a aproximação à natureza proporcionada pelo Jardim da Vala Real “é algo que deixa intrinsecamente as pessoas mais descontraídas e potencia uma relação com o cinema completamente diferente”.

A entrada no Cinema Vadio é livre, mas como as noites podem ficar húmidas e frias, a organização recomenda ao público que leve manta (e agasalhos) para cada sessão, além “da sua boa disposição e vontade de passar um animado final de tarde e noite connosco”, sublinha Nuno Granja. “Nós oferecemos o relvado e o filme, nesta sala de cinema que criámos para Leiria”.

Em 2015 foi assim. Cinema Vadio volta ao Jardim da Vala Real em 2016 (fotografia: Joaquim Dâmaso)

 

13510802_1131828633545263_6052969340987201461_n

Fonte: Região de Leiria

Boas Descobertas!!!

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D